Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

soutodaamor

soutodaamor

O meu "tipo" de Inteligência

A Bárbara do blog "A Rapariga com um sonho: Ser Escritora", leu este inquérito publicado na revista "Sábado", e achou (muito bem) que nós gostariamos de responder tambem.

Ora eu passo já a dizer-vos, Pessoas Lindas e Maravilhosas, o resultado final (que é a junção de 2 letrinhas, que empatei no "C" e no "F") que me serve que nem uma luva:

A letra "C" que me identifica como tendo uma Inteligência Cinestésica-Corporal, que mais não é do que ter a "capacidade de usar o próprio corpo de modo diferente e hábil, na expressão corporal, bem como na resolução de determinados problemas que exijam essa intervenção; por exemplo atletas, mímicos, dançarinos, pugilistas, jogadores de futebol (não só o pé mas também o corpo).", e a letra "F" que "diz" que eu tenho uma Inteligência Interpessoal e Intrapessoal (isto é muita Inteligência junta, mesmo para moi même )

a) Inteligência Interpessoal: habilidade de compreender os outros; a maneira de aceitar e de conviver com o outro; comunicar de forma adequada com os outros, motivando-os, incentivando-os e dirigindo-os, Temos os exemplos de alguns professores, líderes, psicólogos, médicos, etc.

b) Inteligência Intrapessoal: capacidade de relacionamento consigo mesmo, de autoconhecimento, de entrar em contacto com o seu próprio "eu", de se auto-avaliar e reconhecer os seus pontos fortes e fracos, capacidade de descrever os seus próprios sentimentos e emoções. Habilidade de administrar sentimentos e emoções a favor dos seus projetos. É a inteligência pertinente para a auto-estima devido à importância do conhecimento de si mesmo; identificando os pontos fortes e fracos reconhecem-se as falhas e pode-se adotar um melhor comportamento.

Ora vamos lá a ver como é que eu cheguei a isto:

1. Os melhores momentos que recorda da escola são:

(  ) a) A declamação de um verso para amigos e colegas.

(  ) b) Fui o mais rápido a completar um exercício de matemática.

(X) c) A representação de uma peça de teatro.

(  ) d) Explicava muito bem aos meus colegas onde ficava e como poderiam ir até minha casa.

(  ) e) Fazia concertos musicais de que todos gostavam.

(  ) f)Todos os meus amigos vinham ter comigo para desabafar sobre os problemas deles e eu conseguia exprimir facilmente o que sentia quando se zangavam comigo.

(  ) g) Fazia desenhos com que as pessoas ficavam admiradas.

(  ) h) Adorava fazer reciclagens.

2. No Ensino Secundário gostava de:

(  ) a) Imitar cantores famosos.

(X) b) Entregar-me de corpo e alma a todas as paixões e pensava que seriam eternas.

(  ) c) Perdia-me em visitas a museus.

(  ) d) Explorar com a minha bicicleta (ou outros meios) por todos os cantos da cidade.

(  ) e) Participar em jogos de palavras de grupo e debates polémicos a respeito de opiniões.

(  ) f) Realizar jogos de grupo com cálculos mentais.

(  ) g) Aventurar-me a desmontar objetos ou eletrodomésticos de lá de casa.

(  ) h) Executar jogos imaginários com viagens fantásticas.

3. Quando preciso de descontrair ou de relaxar:

(  ) a) Desenho aleatoriamente.

(  ) b) Vou caminhar na natureza.

(  ) c) Gosto de escrever.

(  ) d) Faço puzzles.

(  ) e) Ouço música no volume mais alto possível.

(  ) f) Desabafo com os amigos.

(X) g) Danço sem parar.

(  ) h) Distraio-me a arrumar objetos de casa.

4. Uma boa forma de me entreter num encontro amoroso é:

(  ) a) Fazer um passeio de barco a dois.

(  ) b) Ter uma boa discussão sobre um assunto atual.

(  ) c) Passear num museu de arte contemporânea.

(  ) d) Enumerar factos importantes.

(X) e) Uma boa conversa a dois de entreajuda. (embora esta não se "aplique" porque sou casadérrima há 25 anos, lembro-me que eu gostava das nossas conversas de "ombro" - que ainda hoje existem  olha a sortufa qu'eu sou!)

(  ) f) Um bom momento de expressão corporal, como dançar, participar numa peça de teatro.

(  ) g) Fazer um puzzle de 3D.

(  ) h) Ouvir uma música a dois sentados no carro.

5. As melhores férias possíveis:

(  ) a) Passear em diferentes espaços da natureza.

(  ) b) Fazer palavras cruzadas ou sudoku.

(  ) c) Estar num lugar tranquilo para escrever o livro da minha vida.

(  ) d)  Realizar longos passeios a pé.

(  ) e) Conviver, sair e divertir-me com os meus amigos.

(  ) f) Ouvir concertos de música que nunca ouvi.

(  ) g)  Desenhar num lugar tranquilo

(X) h) Apreciar as estruturas arquitetónicas dos locais que visito.

6. Uso a internet para:

(X) a) Utilizar chats de conversa para conhecer pessoas e novas realidades. (onde diz "chats" leia-se BLOGS, que é para o que me serve a internet... isso e o lindo do Facebook )

(  ) b) Realizar jogos de Arcádia.

(  ) c) Explorar cidades pelo street view.

(  ) d) Pesquisar textos de autores desconhecidos.

(X) e) Apreciar danças em diversos vídeos. (bem sei que deveria ser só uma resposta mas tambem utilizo a internet para isto)

(  ) f) Analisar novas formas de arte.

(  ) g) Explorar novos cantores, novas músicas e novos ritmos.

(  ) h) Ouvir músicas que me reportam a passeios na natureza.

7. Se comprar um carro, o que mais tenho em conta é:

(  ) a) Perceber o seu funcionamento binário.

(  ) b) Se me sinto confortável no banco.

(  ) c) O espaço que tem o habitáculo.

(  ) d) Se os meus amigos vão gostar de me ver nele.

(  ) e) As linhas aerodinâmicas do veículo.

(X) f) O consumo/gastos e a emissão de gases poluentes.

(  ) g) Ler o manual.

(  ) h) O barulho do motor.

8. Quando tenho um problema resolvo-o a:

(X) a) Caminhar para desanuviar a cabeça.

(  ) b) Escrever missivas sobre o assunto.

(X) c) Enumerar e recapitular diferentes acontecimentos idênticos porque já passei no passado. (se o problema é mesmo sério faço mesmo isto...)

(  ) d) Pinto.

(  ) e) Jogo xadrez.

(  ) f) Vou-me entreter com a terra (plantar, cavar, semear) ou caminhar sobre a relva.

(  ) g) Falo horas a fio sobre o mesmo.

(  ) h) Danço ao som da música até me cansar e não pensar mais no problema.

9. Eu classifico a minha maneira de ser como:

(  ) a) Detalhista.

(  ) b) Musical.

(  ) c) Artista.

(X) d) Comunicativo.

(  ) e) Ágil.

(  ) f) Ecologista.

(  ) g) Amigo ou sensível.

(  ) h) Racional.

10. Gosto de aprender através de:

(  ) a) Passear na natureza.

(  ) b) Expressão artística.

(X) c) Discussão de casos pessoais.

(  ) d) Histórias e músicas.

(  ) e) Atividades estruturadas passo a passo.

(  ) f) Demonstrações e experiências.

(  ) g) Exercícios de análise de factos, dados e números.

(  ) h) Ler livros.

Confira o seu tipo de inteligência 

Perguntas12345678910
a)AEGHHFBCDH
b)BFHABBCAEG
c)CGAGADDBGF
d)DHBBCAFGAE
e)EAEFFCGDCD
f)FBFCEGHHHC
g)GCCDGEAFFB
h)HDDEDHEEBA
 

 

 A letra em que obtiver maior número de respostas será a que corresponde ao seu tipo de inteligência mais desenvolvido.

A

Inteligência Verbal ou Linguística:
Habilidade para lidar criativamente com as palavras, tanto em expressão oral como escrita; possivelmente é a mais fácil de se compreender numa pessoa, pois a forma de comunicação verbal é um modo de expressão das habilidades de cada um. Este tipo manifesta-se em escritores, oradores, políticos, formadores, professores, pessoas que elaborem relatórios, cartas comerciais, petições judiciais,e outros documentos que exijam uma clara redação de texto.

B

Inteligência Lógico-Matemática:

Competência para desenvolver e ou acompanhar sequências de raciocínios, resolver problemas lógicos, capacidade para solucionar problemas envolvendo números e demais elementos matemáticos. Não está relacionado apenas com cálculos, mas também com a resolução de problemas que envolvam lógica ou raciocínio lógico e habilidades para raciocínio dedutivo. Este tipo manifesta-se em matemáticos, engenheiros e físicos, mas também em advogados aquando da defesa dos seus clientes.

C

Inteligência Cinestésica-Corporal:

Capacidade de usar o próprio corpo de modo diferente e hábil, na expressão corporal, bem como na resolução de determinados problemas que exijam essa intervenção; por exemplo atletas, mímicos, dançarinos, pugilistas, jogadores de futebol (não só o pé mas também o corpo).

D

Inteligência Espacial:

Noção de espaço e direção, capacidade de extrapolar situações espaciais para o concreto e vice-versa, possuindo grande perceção e relacionamento com o espaço. São exemplo deste tipo de inteligência arquitetos, navegadores, cirurgiões, quem tem uma boa orientação no espaço e não se perde numa cidade quando a conhece ou se orienta bem com o mapa.

E

Inteligência Musical:

Capacidade de organizar sons de maneira criativa; de interpretar, escrever, ler e expressar-se pela música. As pessoas que gostam de oferecer música ou que a associam a determinadas fases da sua vida possuem esta inteligência emocional mais desenvolvida, bem como todos os compositores, alguns muito famosos, e quem toca de ouvido sem conhecer a partitura.

F

Inteligência Pessoal:

Aqui são englobados os dois tipos de Gardner:

a) Inteligência Interpessoal: habilidade de compreender os outros; a maneira de aceitar e de conviver com o outro; comunicar de forma adequada com os outros, motivando-os, incentivando-os e dirigindo-os, Temos os exemplos de alguns professores, líderes, psicólogos, médicos, etc.

b) Inteligência Intrapessoal: capacidade de relacionamento consigo mesmo, de autoconhecimento, de entrar em contacto com o seu próprio "eu", de se auto-avaliar e reconhecer os seus pontos fortes e fracos, capacidade de descrever os seus próprios sentimentos e emoções. Habilidade de administrar sentimentos e emoções a favor dos seus projetos. É a inteligência pertinente para a auto-estima devido à importância do conhecimento de si mesmo; identificando os pontos fortes e fracos reconhecem-se as falhas e pode-se adotar um melhor comportamento.

G

Inteligência Pictográfica:

Habilidade que a pessoa tem de transmitir uma mensagem por um desenho que faz, pela arte e pelo grafismo, e de resolver problemas por esta via de comunicação. Esta inteligência é mais desenvolvida em crianças, que não sabem ler, como modo de se manifestarem, mas posteriormente poderão perdê-la com a aprendizagem da leitura e da escrita . Génios da pintura e da arquitetura são exemplos desta inteligência.

H

Inteligência Naturalista:

Capacidade de uma pessoa se sentir um elemento natural, de distinguir as diferenças no campo da natureza, reconhecendo, respeitando e estudando outros tipos de vida. Temos exemplos desta inteligência no biólogos, ecologistas, naturopatas, homeopatas ou outros que gostem de utilizar os proveitos da natureza.

 

E agora façam lá este teste Pessoas. E partilhem, porque não?! 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.