Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

soutodaamor

soutodaamor

Folha 77/366 Sonambulismos - esta noite

Lembro-me de, em ataques de sonambulismo, acordar em determinado sitio que não a minha cama. Já acordei á janela e sentada no chão da casa de banho. Escusado será perguntar o que estava eu ali a fazer porque não tenho nem ideia.

Esta noite acordei na cama do meu filho.

Agarrada á almofada dele.

Acordei com a cara molhada.

A almofada tambem.

Tinha estado a chorar.

Não faço a mais pequenina ideia do que sonhei.

E dá-me cá uma raiva.

Não me lembrar de rigorosamente nada.

Voltei para ao pé do maridão depois de ter continuado um bom bocado na cama do nosso filho, a tentar perceber o que estava ali a fazer.

Maridão não deu pela minha falta e dormia profundamente.

Não sabe, até agora, o que me aconteceu. Na hora do almoço conto-lhe.

Entretanto, acho que foi o que aconteceu ontem que me levou ao ninho do meu Tesourinho.

SÓ PODE!