Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

soutodaamor

soutodaamor

Folha 64/366 Acerca das Linhas Telefónicas de Ajuda 2

Depois de vos contar a minha experiência com a Linha 112, hoje partilho uma das experiências com a Linha Saúde24. O que transcrevo aqui, foi o que partilhei, na altura, com os meus amigos na minha página pessoal do FB.
No dia 10 de Abril de 2014 (sim... sei a data porque está apontada no caderninho que anda sempre comigo ) estava sozinha em casa e leiam o que me aconteceu:
"Ontem á noite, sozinha em casa, assustei-me. (...) Baixei-me para apanhar uma peça de roupa e eis que… VERTIIIIIIIIGEEEEEEEEEEEEEMMMMMMMMMM! O chão fugia-me, as coisas rodopiavam á minha volta, as pernas bamboleavam… tive de me segurar… sentar… e ficar assim durante cerca de 10 minutos. Sentadinha, olhinhos fechados e muito quieta. Depois da vertigem veio a opressão no lado direito do crânio. Uma coisa horrível e que me provocava um mal-estar que eu nunca imaginei. Assustei-me. (...)
E como duas nunca vem sem três… formigueiro na face direita. Sabem aquele formigueiro que se sente quando se está muito tempo numa posição? Lá está… esse mesmo formigueiro. Na minha carola!
E como três nunca vem sem quatro… um estalido no meu ouvido direito e puf… opressão auditiva. Assustei-me.
Por estar sozinha em casa, porque NUNCA (...) fiquei assim, e porque a opressão do lado direito do meu crânio, não só não abrandava, como piorava de segundo a segundo. Foram cerca de 20 minutos nesta agonia.
“O que faço? Mantêm-te calma Ana Sofia! Mas eu tou calma!!! Mantêm-te mais!!! E se te calasses??? JÁ SEI!!! LINHA 24!”
E se bem me lembrei, melhor o fiz. E sim… já tenho ligado para a Linha 24. São óptimos, e mais uma vez, a enfermeira (que se chamava Filipa) foi de um profissionalismo impecável. Esteve a “avaliar” a minha situação clínica cerca de 20 minutos. No fim? Urgências Hospitalares! JÁ!!!
“Ai-ai-ai! Tem mesmo de ser Enf.ª Filipa?”
“Sim tem, D. Ana!”
Porque as vertigens não passavam, porque a opressão cranio-ocular-auditiva não melhorava, porque o formigueiro facial não dava sinais de abrandamento. Por tudo isto, lá me convenceu. ME-DO!
Sozinha em casa, senti-me um bocado perdida. Eu que sou toda resoluta e prá frente é que é, ontem não conseguia. Telefona para marido… nada.
Telefona para marido… nada.
Telefona para marido… nada. (Eu sei que os treinadores de futebol não costuma, na hora do treino, andar com os telemóveis... mas custava alguma coisa estar com ele SÓ ONTEM??!!)
“E agora???”
Telefone de mais alguém que possa estar com marido… telefone de mais alguém que possa estar com marido … NÃO TENHO!!!
E o que se faz nestas ocasiões?
Recorre-se a AMIGOS! Pois tá claro!
Ok… Passado um bocado entra-me o marido, casa adentro, esbaforido. O QUE FOI? O QUE TENS? QUE SE PASSA? E eu “Fala baixo pelo Amor da Santa!”
Passados 15 minutos, aqui a je estava a dar entrada nas urgências hospitalares de Viana do Castelo.
“Ah! Já estávamos á sua espera. Já recebemos o fax da Linha 24…” Fiquei
Bem… 7 minutos e já estava com o Dr. Énio. E foi isto: O nome completo. A idade. Onde mora. Sente dificuldade em articular as palavras? Muito bem. Ponha-se de pé… Mantenha-se de pé. Pés juntos e estática. Agora anda para a frente… anda para trás. Agora pára. Agora toca com a ponta dos dedos na ponta do nariz… mais rápido… fecha os olhos… outra vez. Tá bom. Toque com o queixo no peito. Dói? Mantenha-se de pé estática. Ok. Pode sentar-se…
Mede tensão. Batimento cardíaco. Abre a boca. Luz lá para dentro.
“Continua com a opressão craniana?”
“Sim”
“E com a opressão ocular?”
“Sim”
“Ainda sente a opressão auditiva”
“Sim”
“E o formigueiro facial?”
“Também”.
Ok. O nome completo. A idade. Onde mora. Sente dificuldade em articular as palavras? Levanta novamente. Mantenha-se de pé. Pés juntos e estática. Agora anda para a frente… anda para trás. Agora pára. Agora toca com a ponta dos dedos na ponta do nariz… mais rápido… fecha os olhos… outra vez. Tá bom.
“Agora vou magoá-la um bocadinho, mas vai ter de ser”.
Ok. Puxa-puxa-puuuuuxa a orelha esquerda e luz lá para dentro. “Este, impecável”
Puxa-puxa-puuuuuxa a orelha direita e luz lá para dentro. E aqui QUASE LHE ESPETO UM MURRO PAH! Que dores!!! Carvalho d’araújo!!!
“Pronto D. Ana… o que quer primeiro? As boas noticias ou as más noticias?”
Eu amuada: “Não sei! Escolha o Dr…”
Ok. Como tá zangada comigo, vou-lhe dar 1º as boas: não está a ter nenhum AVC!”
Olhei para ele e de amuada passei para estarrecida.
“Mas está a brincar comigo??”
“Não, não estou. Estou a falar a sério…”
ME-DOOOOOOO
“Ok… então e as más noticias são?..."
”Está com uma OTITE EXTERNA INFECCIOSA”
Quase lhe espeto com um beijo na bochecha.
E pronto… Ontem acabei assim o dia… com uma otite externa infecciosa que me provoca vertigens e opressão crânio-facial-auditiva. Ele há com cada um!!!
P.S. – Só mais uma coisa… eu, que detesto tomar medicação, estou, de uma assentada, a ter de tomar TRÊS COMPRIMIDOS de cada vez! TRÊS!!!"

 

 E esta foi, até á data, a última experiência que tive com a Linha Saúde24.

Antes tinha tido algumas, todas por causa do Tesourinho e Maridão.

Vou fazer uma busca a nível memorial, e quando tiver tudo relembrado partilho, sim?!

Mas fica desde já a minha opinião: a Linha Saúde24 poupa idas desnecessárias a hospitais e centros de saúde. A atenção que nos dedicam, as perguntas que fazem, os pormenores que pedem deixam-nos com a sensação que estamos frente-a-frente com um profissional de saúde bastante qualificado. E depois, o facto de, se tivermos MESMO de nos deslocarmos a outro sitio, a "Linha" informa através de fax e quando lá chegamos já estão á nossa espera, o que evita sempre as benditas das pulseiras, os desesperos e o camandro.

E vocês? Costumam recorrer a esta Linha Telefónica de Ajuda? (800 24 24 24)

 

 

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Sou Toda Amor 03.03.2016

    Foi um susto sim...
    No teu caso, seria constipação ou algo mais "grave"?
  • Imagem de perfil

    Moralez 03.03.2016

    Já ano me recordo bem mas acho que era uma dor de garganta! Mas acabei por ter de tomar antibiótico!
  • Imagem de perfil

    Sou Toda Amor 03.03.2016

    Ah pois!... Então era mesmo algo mais "complicado".
    Garganta inflamada costuma ser igual a tratamento com antibiótico... talvez uma amigdalite ou faringite...
  • Imagem de perfil

    Moralez 03.03.2016

    É possível, mas depois la resolveu-se com uma ida ao medico!
  • Imagem de perfil

    Sou Toda Amor 03.03.2016

    Ainda bem!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.