Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

soutodaamor

soutodaamor

As coincidências ridículas desta vida!

AVISO A QUEM ME LÊ: Se são Pessoas para terem olhinhos sensiveis á leitura de palavrões e coisas feias, nem continuem.

 

Passemos á desventura do nino que conjuga comigo.

Maridão é Pessoa que aparenta ter calma.

Aparenta ser "sem stress".

Mas é um vulcãozinho em constante erupção.

Ao contrário da "maridona" que vê-se bem, logo á primeira, que é rapariga para explodir á mínima, o Maridão é daqueles que engana.

Ora um dia destes chegou em casa com o sobrolho mais do que franzido. O sobrolho dele quase tocava na ponta do nariz de tão franzido que estava.

Nem verbalizei a pergunta.

Disparou logo:

"Hoje quase ando á porrada!!!"

Nem tive tempo de verbalizar fosse o que fosse.

"Andava á procura de lugar para estacionar nas docas de Viana e vi um casal a entrar para um carro, perguntei se iam sair e responderam que sim. Parei, coloquei o pisca para a esquerda e esperei. O casal sai e não vem um filha da puta dum velho e não se enfia lá no lugar??" (o tom de voz estava 10 décibeis acima do normal) 

Eu, moita carrasco, a olhar para ele. 

"AI O FILHA DA PUTA! Saí do carro, fui ter com ele, abri-lhe a porta do carro e perguntei-lhe "COMO É??!!" e o velho "O que foi?" e eu "Então estou eu ali parado com o pisca ligado e tudo e vem você e tira-me o lugar?" e o velho "Quero lá saber! Daqui não saiu!"

Maridão respira.

Eu, moita carrasco 

"BEM! PASSEI-ME DOS CORNOS! "Ai é! Ai não tira o carro, seu BURRO DO CARALHO?!", "Não, não tiro e quero que tu te fodas!", "Quem se vai foder és tu meu ganda besta... seu burro do caralho... não tiras o carro não tires mas vou-te foder..."

Eu, moita carrasco 

"Fui para o carro e o filho da puta do velho diz-me "NÃO TIRO E QUERO QUE TU TE FODAS! E A TUA MÃE TEM CORNOS (colocando os dedos em forma de cornadura na testa) E ANDA A DAR A C..." (aqui Pessoas é melhor nem escrever textualmente mas vocês sabem que o sujeito se referiu á parte intima da sogrinha não sabem?!)", AI PAH QUE ME PASSEI! Desatei a correr para o filho da puta do velho só que andava por ali um moço que estava a assistir a tudo e que me segurou! E começou a dizer-me "Não faça isso, que você vai-se desgraçar e não vale a pena... deixe lá... olhe ponha o carro ali, que eu tiro o meu carrinho e o senhor estaciona ali... não se desgraçe!" e não me largava. EU ATÉ ESPUMAVA... FILHO DA PUTA DO CARALHO"

Eu, moita carrasco  mas já com vontade de ir pra Viana á procura do sujeito e espetar-lhe com dois-2-DOIS murros em cada olho!

"Fui pôr o carro no sitio que o moço me disse e quando saí o FILHO DA PUTA DO VELHO ainda lá estava e diz "Afinal, lugares não faltam oh caramelo!", corri outra vez para ele mas o puto do rapaz ainda lá estava e não me deixou que eu FODIA-LHE AS BENTAS TODAS!"

Eu, moita carrasco  mas com vontade de tambem bater no moçoilo que não deixou o Maridão espetar três-3-TRÊS murros em cada olho do sujeito!

"OLHA MEU FILHO DA PUTA TU VAIS DIZER ISSO É Á MINHA MÃE E NA FRENTE DO MEU PAI QUE DE CERTEZA QUE OS CONHECES MEU CABRÃO, CORNO DO CARALHO, FILHO DA PUTA"

Bem, Pessoas, para que entendam, Viana do Castelo é uma cidade relativamente pequena, e toda a gente se conhece. Por cá toda a gente tem alcunhas de família e os nomes são facilmente reconhecíveis.

Pelos vistos o sujeito não gostou muito da ideia de, se calhar, até conhecer a Senhora a quem tinha faltado ao respeito. E o marido.

"O filho da puta perguntou-me logo "quem são os teus pais?...", "É o (...) e a (...)!" (como podem compreender não vou dizer aqui os nomes dos sogrinhos...) havias de ver a cara do filho da puta! Esbugalhou aqueles olhos de boi e disse-me logo "Ai conheço-conheço! Oh tambem não vale a pena tanto... vai agora dizer aos seus pais... conheço tão bem... e até á sua irmã... ainda estive a falar com ela ontem... eu sou o (...), desculpe lá! Não sabia que era filho da (...)!", o cabrão do velho borrou-se todo, filho da puta! E depois sabes da melhor??!! Encontrei a minha irmã e a minha mãe e contei-lhes... A minha mãe nem queria acreditar! "O quê??!! O (...) disse isso?! Ai nem parece dele... e não te reconheceu??!! Parece impossivel!...", já viste a puta da coincidência?!"

Eu, moita carrasco 

"Mas vou fode-lo!... Filho da puta! Só queria que visses o sorriso de gozo daquele filho de uma puta pah!"

.......................

......................

......................

"Não dizes nada?!"

Eu:

"Eu fodia era o puto do rapaz que te segurou!"

Maridão dá uma gargalhada, abraça-me e diz:

"Havia de ser bonito se estivesses lá comigo!"

Mas não Pessoas! 

Não havia de ser nada bonito, porque eu fodia as bentas ao puto do velho e o moço, que nem me tentasse segurar, que levava tambem!

Como eu costumo dizer, só tenho Amor para dar, mas não me fodam!

Aqui está um bom exemplo... não sou heroína nem tenho força nenhuma. Sou uma tarreca pequena com tão sómente 1,60 mt, levava um estalo que ficava já estendida, mas a primeira era minha!

GARANTO-VOS!