Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

soutodaamor

soutodaamor

Folha 50/366 Sonambulismos - Episódio 2

Numa das noites que achei por bem assustar mais uma vez os meus pais, a coisa podia ter corrido mal.

Papá levanta-se para ir ao WC.

Vê luz no meu quarto.

Dirigiu-se ao quarto, pronto para apagar a luz, pensando que eu tinha adormecido com ela acesa.

Depara-se com uma cama vazia, lençóis para trás, e a figura da filha... NÉPIAS.

Enquanto tentava perceber o que é que se teria passado com a doida da filha, ouve um estrondo vindo da cozinha.

Corre para lá, ao mesmo tempo que a Mamã, que acordou com o barulho, aparece no corredor sem saber bem-bem para onde ir.

E o que é que visionam?

Hhhhmmmm?

O quê??!!

A filha, a abrir gavetas, e a olhar para elas sem nada fazer.

O estrondo tinha sido causado pela queda de uma dessas gavetas.

O que continham as gavetas?

Por acaso, só panos e toalhas de cozinha.

Calmamente, lá a levam para a cama, onde, a Filha-Que-Só-Gosta-De-Pregar-Sustos, dorme o resto da noite, não causando mais sobressaltos.

Propositadamente, não arrumaram a gaveta que tinha caído.

Lembro-me perfeitamente de, ao outro dia, me perguntarem se eu me lembrava do que tinha feito.

Eu não me lembro até hoje!

Agora, todos a pensarem comigo... já imaginaram se, em vez das gavetas de panos, é a gaveta das facas de cozinha?

É que eu já!

E não gosto muito da ideia!

Este é, sem dúvida, um dos perigos do sonambulismo. 

E eu tenho alguns...

 

 

Folha 49/366 Acerca das Linhas Telefónicas de Ajuda 1

Este post da Chic'Ana fez-me recordar a experiência que tenho com Linhas Telefónicas de Ajuda.

Infelizmente tenho alguma, e quase sempre correram bem.

Comecemos pela que não correu muito bem:

Trabalhei numa fábrica de confecção, fazendo parte da equipa administrativa, até 31/12/2009.

Uma das minhas responsabilidades, enquanto administrativa dos Recursos Humanos, era, claro, zelar pelo bem-estar dos funcionários.

Num dos dias de trabalho, uma das funcionárias sentiu-se mal, tendo desmaiado e tudo. Coube-me a mim telefonar para o 112.

Bem... dizer que se perde tempo com os telefonemas para esta linha é pouco. O mais correcto é dizer-se que se PERDE MUITO TEMPO a telefonar para esta Linha que supostamente é de Ajuda.

As perguntas que fazem acerca da pessoa que necessita de auxilio são mais do que muitas e só irritam quem lhes está a telefonar, porque é suposto enviarem o mais rápido possível auxilio médico e estão para ali a perguntar nome completo, idade, onde mora, estava bem á uma hora atrás, o que estava a fazer quando se sentiu mal, e agora ainda está indisposta, e familiares tem, e à quanto tempo desmaiou, e ainda está indisposta... e o CAMANDRO PAH! MANDEM MAS É AUXILIO PORRA! 

Lembro-me perfeitamente de ter feito um esforço enorme para não dar dois berros ao telefone, ter desligado dizendo mentindo com todo o descaramento que a pessoa já estava melhor e ter telefonado directamente para os Bombeiros da localidade que em cinco minutos se puseram na fábrica!

Portanto, 112 para mim NUNCA MAIS!

Bombeiros do local FOR EVER!

 

P.S. - A colega acabou por ficar internada com um esgotamento e andou em tratamento alguns meses.

Folha 48/366 (Mais) Um desafio que aceitei

A Delicia de Amêndoa lançou um desafio que será mais uma maratona, como ela tão bem lhe chamou.

E consiste em, todos os meses deste ano de 2016, partilhar uma receita, uma fotografia e um livro que temos de ler num mês.

Ora eu, que ando com sérios problemas no que diz respeito ás leituras, vou participar mas só no que diz respeito á receita e á fotografia.

Mas, e como não podia deixar de ser, com um pequenino "senão" no que diz respeito á receita... é que tem de ser a receita E a fotografia da paparoca... mas eu não tenho por hábito tirar fotos á paparoca, Pessoas! A sério!? Fotografias á comida?! Amor, não tira... Por isso as receitas vão ter foto sim, mas será a foto da própria receita que eu já fiz inspirada em revistas e etc.

"Ah e tal, mas já estamos em Fevereiro, Amor... tás um mês atrasada!"

O tanas!

Que eu "falei" com a Delicia e ela deu-me permissão para começar este mês, colocando para a semana a que corresponde a Janeiro e no dia 29 a que corresponde a Fevereiro.

Por isso, atentos, que para a semana começo.

 

 

Folha 47/366 Fui ao cinema...

... ver o "The Revenant" e não gostei!

Passo a explicar...

Neste dia, estando um tempo de verdadeira bosta porcaria e portanto não dando para ir a lado nenhum, decidimos ir ao cinema.

Mano e  Sobrinho-Principe-Lindo-Afilhado-D'Amor falaram no filme, disseram mais ó menos no que consistia porque já tinham visto o trailer, e eu, como boa "amante" de bons filmes disse logo "Vamos, pois!". 

Fomos todos. Os sete.

E vim de lá deprimida!

Ai, a sério Pessoas! Tanto sofrimento para um só herói, tambem é demais!

O filme está nomeado para 12-doze-DOZE óscares mas a mim só me fez pensar no óscar do Filme Mais Sofrido Que Já Vi Em Toda A Minha Vida. (fora o exagero, que vocês já sabem que eu sou uma exagerada...)

Não sei se já viram o filme... se não tiverem visto e não quiserem saber 2-duas-DUAS das cenas que mais me impressionaram, PAREM JÁ AQUI. Para quem já viu, vejam lá se concordam comigo...

Que me dizem do ataque do urso e da caverna-carcaça-de-cavalo?

GANDA BLHAAAAACCC! 

Aquela baba do urso e os grunhidos puseram-me os pêlos eriçados de nervos.

E a caverna devia ser quentinha... mas coisa mais arrepiante de mete-nojo que foi, nem é bom lembrar!

A Sobrinha-Princesa-Linda-Afilhada-D'Amor, ficou ao meu lado. Passamos o filme a olhar uma para a outra e ela aninhava-se no meu ombro e dizia "Oh Tia... o que vale é que isto não é verdade!"

Mal ela sabe, pobre criança, que o filme é baseado em factos verídicos.

E, a ser verdade que isto realmente se passou... Oh pah! O homem merece uma estátua só pelo sofrimento que a vida lhe causou!

Cruz-Credo!

Folha 46/366 Isto não me acontece todos os dias!

Este Natal que passou, recebi uma prendinha preciosa por dois motivos:

1 - Foi o Tesourinho que ma deu;

2 - Estava mesmo-mesmo a precisar dela.

Gosto de carteiras com sitio para tudo: cartões (os 120587 que tenho!), documentos, notas e moedas.

Gosto pouco de andar com mais do que uma carteira e uma assim dá-me imenso jeito.

Então, Tesourinho que sabe perfeitamente os gostos de sua Mãe-Querida, ofereceu-me uma destas.

PER-FEI-TO!

Amor, não se dedicou logo á troca de toda a parafernália que tinha na outra carteira, velhinha e acabada, que já andava comigo á cerca de 7 anos.

Amor só o fez no dia 26 de Dezembro e estavam comigo, na altura, Norinha, Sogrinha e Sobrinha-Linda-Princesa da Tia.

Diz a Norinha "Ai Jesus! Você onde guarda tanta coisa??!!"

Responde Amor: "Aqui! Que agora tem de caber tudo ali!"

Sobrinha-Linda-Princesa da Tia: "Não sei se vai caber..."

Amor: "TEM de caber!!!"

Norinha: "Ainda vai é encontrar dinheiro!"

Amor: "Achas??!! Esse não me costuma sobrar..."

E a conversa foi-se mantendo em volta das coisas incriveis que uma pessoa (EU) guarda, só porque sim, se calhar á espera de que façam falta um dia destes.

Esvaziei a carteira-velhinha, fiz uma pesquisa mais pormenorizada em tudo o que era cartão, documentos, "recados" e dinheiro.

Peguei na dita e dirigi-me ao caixote do lixo.

Não sei porque carga d'água, fui ver novamente se todos os compartimentos estavam vazios...

E ENCONTREI 10 EUROS!

10 EUROS QUE ESTAVAM NUM DOS COMPARTIMENTOS DAQUELA CARTEIRA-VELHINHA!

Ai cum caneco!

Voltei á sala e ás gargalhadas disse:

"Vocês nem acreditam o que acabou de me acontecer!!"
E abanei com a nota tipo leque.

Resultado?

A Norinha queria metade do valor porque ela "avisou-me".

A Sobrinha-Linda-Princesa da Tia achava o máximo eu ter ido ver MAIS UMA VEZ se havia alguma coisa dentro da carteira-velhinha, uma vez que, segundo ela, já lhe tinha dado 1001 voltas.

A Sogrinha só se ria.

E eu estava feliz-feliz porque, caramba, 10 euros, são 10 euros!

 

 

 

P.S. - Esses 10 euros ainda estão ali na carteira nova. É tipo amuleto 

Semana 6/52 Os super poderes que eu gostaria de ter se fosse um super herói seriam...

"Pano para mangas" Pessoas! "Pano para mangas"!

Porque são bem mais de cinco, os super poderes que eu queria tantas vezes ter!

Comecemos e fiquemo-nos SÓ por cinco:

1 - Ouvir o pensamento alheio

2 - Invisibilidade

3 - Teletransporte

4 - Clarividência

5 - Curar os outros

E vocês? Que super poderes vos dava "jeito"?

 

O desafio das 52 Semanas

Semana 1/52: Coisas que me fazem ficar feliz

Semana 2/52: Eu nunca...

Semana 3/52: Coisas para se fazer no calor

Semana 4/52: As minhas citações preferidas são...

Semana 5/52: Fazem parte da minha wishlist...

 

Folha 43/366 Façamos alguem Feliz

Dia dos Namorados.

É tudo , e , e  e  e almocinhos/jantarinhos a dois.

Tudo bem e não tenho absolutamente NADA contra.

Mas a Chic'Ana partilhou uma situação que lhe aconteceu e, para mim, foi um autêntico abre-olhos.

Resumindo, é isto: quem pensa no Dia dos Namorados, obviamente, pensa logo em casais felizes, sejam eles namorados, a viverem maritalmente ou casados, certo?

"Certo..."

Pronto... agora imaginem viver esse dia a partir do momento em que se fica viúvo. 

Se nunca se celebrou "o dia", tudo bem e não haverá diferença nenhuma.

Mas, e se sempre se comemorou "o dia" e, de repente, vemo-nos privados de o fazer? 

Porque o/a companheiro/a já cá não está. As saudades serão muitas, passam os dias, meses e aproxima-se o Dia dos Namorados. E a cara-metade deixou de estar cá. O sofrimento, a falta da companhia, deverão "atacar" o/a viúvo/a de uma maneira que eu não consigo nem imaginar.

Portanto, é o seguinte: vão aqui, e de certeza que todos nós conhecemos alguem que precisa de um miminho!

Empenhemo-nos neste "Fazer Feliz 2016: neste Dia dos Namorados lembre-se de alguem que esteja viúvo e ilumine o dia dessa Pessoa", e sejamos nós tambem felizes por o fazer.

É que hoje são eles os/as viúvos/as.

Amanhã poderemos ser nós!

Quem alinha?

EU!

E vocês??!!

Folha 42/366 Festejar o Aniversário em dois dias

Pois é!

Este ano, este dia, prolongou-se para dali a dois dias.

E tudo porque o Principe-Lindo, Sobrinho-e-Afilhado da Amor não estava cá.

Então, no sábado que foi mesmo-mesmo o MEU dia, iniciei-o da melhor possivel, a fazer uma coisa que eu A-DO-RO e que já faz "parte" de mim.

Experimentei um treino novo, inserida num grupo maravilhoso e que me acolheu como se me conhecessem desde todo o sempre. 

Para quem não sabe, pratico actividade física desde que me conheço. Já passei pela natação, atletismo, karaté, body combat, fitness, zumba e o diabo a quatro. Pertenci sempre a grupos dinâmicos, mas a partir de Janeiro de 2015 vi-me "obrigada" a alterar esta situação.

Deixei de estar integrada em grupos, para passar a fazer treinos em casa, eu, o PC e alguns instrutores que eu vou pesquisando e que me conseguem dar aquilo que eu gosto: chegar ao fim do treino e estar (literalmente) a destilar por tudo quanto é poro.

Ora, no Sábado alterei a minha rotina, e lá fui eu experimentar uma coisa nova.

HIIT no seu melhor! E, apesar de muitos dos elementos não me conhecerem de lado algum, cantaram-me os parabens com direito a bolo e tudo porque a minha amiga com quem fui fez questão de me preparar esta surpresa! Tocou-me cá dentro! Ela sabe como me agradar! 

Findo o treino, ala que se faz tarde, tomar banhoca, pôr-me toda pimpona e almoço a três: Eu + Maridão + Riqueza-Mamã (estava com o coração um bocadinho partido por o Tesourinho e Norinha não estarem cá, mas desde que ele partiu que é esta a nossa realidade: canta-se os parabens e felicita-se através do Skype. E haja skype!)

Depois queriamos ir ao Porto, levar a Riqueza-Mamã a ver o Porto através dos nossos olhos... QUE-RÍ-A-MOS! Porque deixamos de querer!

Vocês viram o que choveu nessa tarde??!!

CRUZES-CANHOTO!

Bem, com os planos impossiveis de concretizar, regressamos em casa e "reunimo-nos" com o Tesourinho e Norinha, via Skype.

Acabei o dia nos Sogrinhos, onde me cantaram os parabens, recebi beijinhos e abraços e muito mimo, que é do que eu gosto! 

3ª feira de Carnaval... há que acabar a festa, não?!

"Claro, Amor!"

Pois!

Então nesse dia juntei Maridão, Riqueza-Mamã, Mano, Cunhadinha S. do Olho Azul, Sobrinho-Principe-Lindo-Afilhado-D'Amor e Sobrinha-Princesa-Linda-Afilhada-D'Amor e lá fomos almoçar aqui. Desfrutamo-nos pela tarde fora. Senti-me Amada, Protegida, Mimada... tenho uma família MA-RA-VI-LHO-SA é o que vos digo!

Acabamos o dia indo ao cinema, ver um filme que anda na boca de meio mundo e mais algum.

Filme que não gostei!

Vim de lá deprimida!

Mas isso fica para outro post!

Este ano tive um aniversário em cheio!

Quem concorda?